Âncora para topo

Mude o visual da sua casa sem obra

Montar espaços inspiradores está ao alcance de qualquer um!

As tendências do mundo da decoração são mutáveis e influenciadas pelo passar dos meses, das estações e dos anos, porém muitos conceitos têm força para se sustentar relevantes por mais de uma temporada.

Veja aqui as nossas dicas de como utilizar elementos de decoração para harmonizar e criar belos ambientes.

Tapetes

Um tapete listrado combina bem com quase tudo e é um ótimo elemento para se explorar, quando o objetivo é renovar o visual da casa, criando um ambiente mais descontraído.

As listras podem alongar o ambiente, levando a sensação de continuidade e amplitude, valorizando a área central e deixando o espaço mais convidativo.

Quem tem uma sala branca, pode considerar uma tapeçaria com elementos de cores fortes para trazer mais personalidade à decoração.

Para escolher uma peça que esteja em perfeita harmonia com o todo e cause o efeito desejado, é importante considerar seu tamanho e formato, em função dos objetos de decoração e do estilo dos móveis que compõem o espaço.

Tecido nas Paredes

O uso de tecidos na decoração não é novo, sendo conhecido, utilizado e cultuado no mundo todo há muitos anos. Contudo, foi com o retorno de tendências de anos passados que esse uso criativo e divertido se tornou ainda mais constante, caindo nas graças de grandes nomes da decoração e se fortalecendo como tendência dentro desse mercado cada vez mais diversificado e atraente.

O tecido pode ser encontrado em uma grande variedade de estampas, cores e texturas, permitindo grande liberdade ao decorar e garantindo um ótimo fundo para fotos.

Os cômodos mais indicados para a sua aplicação na parede são os dormitórios, as salas de estar e jantar, lavabos, hall de entrada e corredores.

Na sala, ele dá aquele aconchego e pode deixar a decoração mais moderna. O quarto também é um ótimo ambiente para receber o tecido, principalmente se for um cômodo frio. A estratégia de usar um padrão de tecido atrás de uma cama, por exemplo, traz a sensação de continuidade ao ambiente, podendo funcionar também como uma falsa cabeceira.

A decoração do home office também merece atenção. A ideia de manter uma decor clean e branco ganha mais destaque com tecido aplicado em parte da parede. Também pode ser interessante aproveitar esta delimitação cromática para apoiar quadros em prateleiras, proporcionando mais charme ao espaço.

Para alongar o pé direito de sua residência, aposte nos tecidos listrados verticalmente para criar a ilusão de um espaço mais alto. O mesmo serve para paredes estreitas, porém, ao invés de listras verticais use as horizontais, neste caso.

A cozinha também pode ganhar destaque. No entanto, o ideal é aplicar o revestimento longe do fogão e optar por modelo impermeável.

Armários Planejados

Mobiliar a casa com móveis planejados é uma ótima saída para aproveitar bem o espaço, seja ele qual for. Banheiro, quarto, cozinha, sala, despensa, lavanderia, garagem ou varanda: não há um cômodo da casa sequer que não possa ser totalmente planejado.

Algumas cores e materiais estão bastante em voga neste momento: o cinza, a madeira e o metal são os queridinhos. Além destes, a laca metalizada e o cobre têm aparecido bastante.

Fique atento: as peças de alumínio e de madeira são as melhores opções na relação custo x benefício, sendo que o MDF é o tipo de madeira mais procurado para projetos de marcenaria.

Portas de correr são ótimas alternativas para economizar espaço e ainda podem ser revestidas com espelho para ampliar o ambiente. Uma porta de correr costuma ser equivalente a duas de abrir.

Uma boa dica é colocar uma iluminação de led dentro do armário para facilitar a escolha dos itens.

Os modelos de armários com cama embutida são bons para ambientes pequenos. Também é possível encontrar modelos de beliche com armário embutido que vem com escrivaninha, ideal para crianças.

Não há regras para determinar como deve ser a divisão interna dos armários embutidos e planejados, tudo vai depender do perfil do cliente. Mas uma boa prática é, na hora de determinar o tamanho das gavetas, optar por peças com alturas diferentes: gavetas rasas para guardar roupas íntimas e mais profundas para roupas volumosas.

No caso de armários para femininos, é importante verificar se o cabideiro tem altura suficiente para acomodar vestidos longos. E quando for escolher, prefira os feitos de alumínio, eles evitam que peça ceda ao peso dos cabides e fique curva com o passar do tempo.

Cor Branca e Vidros

O estilo clean recebe a influência de cores claras, como o branco, tons pasteis, gelo, palha, areia. Mas muitos projetos decorados com essa proposta também usam e abusam do vidro.

Para planejar uma área clean, faça uso de cores que casem entre si e aposte em uma boa iluminação. A base deste estilo são os tons claros, mas pontos de cor e luz podem ser adicionados para promover aquele toque de alegria.

Os armários e pisos brancos transmitem sensação de limpeza tão desejada e o toque de cor fica por conta dos objetos que compõem o espaço.

Agora, um ambiente clean não precisa ser monocromático, então não fique preso ao branco. Esta cor é de fato a mais indicada para dar a sensação de limpeza, mas outras cores também podem ser usadas, então aposte nos off-white para criar uma atmosfera leve e sem monotonia.

Móveis Multiuso

Ser criativo tornou-se essencial para quem busca encontrar a melhor solução para adequar os móveis em casa e evitar dores de cabeça devido à falta de espaço. Se você quer descobrir as melhores saídas para esse problema, conheça agora os móveis multiuso para pequenos espaços e saiba como otimizar o seu ambiente:

Aparador

O aparador é uma peça ideal para quem tem a sala de jantar conjugada com a sala de estar. Sua função pode ser de apoio à sala de estar logo atrás do sofá ou pode ser colocado para decorar dois ambientes simultaneamente.

Puff

Um dos itens mais usados para quem deseja transmitir sensação de conforto e aconchego, o puff é uma peça-chave perfeita para aproveitar os espaços pequenos. Basta um pouco de criatividade para enxergar as inúmeras utilidades que o puff possui em sua casa.

Usar como mesa de centro, assento adicional, principalmente quando a casa tem visitas, ou até mesmo como apoio para os pés são algumas alternativas legais para a peça.

Sapateira

Sapateiras são móveis pequenos e que oferecem infinitas possibilidades: aquele curinga, sabe?

Além de servirem para guardar sapatos, como o próprio nome diz, este móvel se encaixa em diversos cômodos da casa, servindo para guardar os mais diversos objetos. Um uso muito comum é em lavanderias para armazenar utensílios.

Banco

Bancos são excelentes peças multiuso utilizadas para tornar os ambientes pequenos mais espaçosos e convidativos.

É possível usar um banco retangular plano como mesa de centro, como assento adicional para a sala ou até mesmo para a mesa de jantar. Se o banco não estiver sendo usado, colocá-lo embaixo do aparador é uma boa saída para que ele não fique “solto” pela casa.

Beliches

Beliches multiuso são tendência para compor quartos infantis e tornar o espaço funcional e divertido para as crianças. Alguns projetos de arquitetos acoplam escrivaninhas, escadas, estruturas tubulares para “descer” e até escorregas. Existem alguns modelos já prontos disponíveis no mercado, mas com um bom projeto de marcenaria as possibilidades são infinitas. O importante é medir e estudar o espaço para decidir o que vai compor melhor com o ambiente.

Estantes e prateleiras

Estantes e nichos podem ser usados para prolongar, dividir ambientes e como uma maneira de dar uma modernizada em sua casa, colocando em evidência aqueles objetos que se tem um carinho especial ou trazendo a luz do dia objetos de decoração interessantes e livros, que antes ficavam escondidos.

Trazer livros e brochuras para a decoração de sua sala ou escritório, humaniza o ambiente e coloca ao alcance dos olhos informação e beleza. Nestes espaços também é possível mesclar sua biblioteca com outros objetos, como quadros, porta-retratos, vasos, relógios e plantas.

Ao escolher o modelo e a função da estante leve em consideração o efeito desejado e, se for o caso de optar por um destaque especial para a estrutura, vale a pena escolher uma cor marcante para trazer vida ao projeto.

Outra dica é reaproveitar móveis que caíram em desuso para reciclar suas funções e promover uma atmosfera criativa ao seu lar. Sabe aquela velha cristaleira? Pode ser pintada e virar um bar para animar a sala.

Cortinas

Nada melhor para dar um up na decoração da sala ou quarto que um tecido bonito, combinando com uma paleta de cores bem escolhida.

Combinar a estampa das cortinas com a tapeçaria, roupa de cama ou revestimento da parede dá um toque especial ao espaço e traz modernidade ao ambiente. Para misturar as estampas e escolher sem errar, é preciso levar em consideração as cores dominantes de cada uma delas para combinar sem exagerar.

Para escolher a cortina, é importante também observar a iluminação natural do ambiente, dosando o efeito desejado. No caso dos quartos que, muitas vezes necessitam de versatilidade na iluminação, pode ser interessante investir em um tecido bonito e em uma cortina blackout para tornar o ambiente confortável na hora de dormir.

Os melhores imóveis da Barra estão aqui

Península

Fit I

Península

360° On The Park

Rio2

VERONA
Siga-nos: