Carvalho Hosken | Imóveis na Barra da Tijuca
Âncora para topo

Conheça as árvores de nossa flora

Todos os bairros planejados da Carvalho Hosken possuem grandes áreas verdes que abrigam espécies nativas da Mata Atlântica harmonizadas com espécies introduzidas pelo paisagismo.

O Rio2 possui 100 mil m² de jardins, alguns projetados por Burle Marx. Já a Península tem apenas 7% do seu terreno edificado e conta com dois enormes parques, que juntos somam 95 mil m², além de possuir uma trilha ecológica plana que margeia o manguezal recuperado.
A revitalização do seu terreno foi um projeto ambiental que durou 20 anos e contou com uma equipe multidisciplinar que conduziram a introdução de novas espécies para que, em conjunto com a flora nativa, elas atuassem na revitalização do solo, estimulando a reprodução da vegetação original e a reaproximação da fauna nativa.

Considerada a segunda maior floresta do Brasil em tamanho, a Mata Atlântica fica atrás apenas da Mata Amazônica. É um bioma que foi extremamente devastado desde a colonização, restando apenas uma parte de mata nativa que está presente de forma espalhada na grande maioria dos estados brasileiros, sendo eles: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Sergipe, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí.

Os maiores exemplos da Mata Atlântica na cidade do Rio de Janeiro são as unidades de conservação do Parque Nacional da Tijuca e o Parque Estadual da Pedra Branca.
O parque tijucano tem o título de maior floresta plantada pelo homem, já que sua história passou por muito desmatamento e reflorestamento entre os séculos XVII e XIX.

Já o Parque da Pedra Branca, localizado na região oeste do Rio de Janeiro, é considerado a maior floresta urbana do mundo, com 12.500 hectares de extensão. Nele fica localizado o ponto mais alto do município: o Pico da Pedra Branca, com 1.025 metros de altitude.
Conheça aqui algumas das espécies de árvores que compõem os parques de nossos bairros planejados – Rio2, Península, Cidade Jardim e Ilha Pura:

 

Jacarandá Mimoso (Jacaranda Mimosifolia)

Esta espécie é muito utilizada no paisagismo urbano por conta de suas raízes não agressivas e pela sua fácil manutenção por meio da poda. Com 15 metros de altura e lindas flores perfumadas, esta espécie atrai pássaros e insetos polinizadores. Presente estados de São Paulo e Minas Gerais, nas formações florestais da Mata Atlântica e nos brejos de altitude do nordeste do Brasil. Pode ocorrer também em formações de cerrado, também na região Nordeste.

 

Quaresmeira (Tibouchina granulosa)

A Quaresmeira é uma árvore de porte médio nativa da Mata Atlântica, podendo atingir até 12 metros de altura.
Seu nome popular é devido à cor das flores e época de floração: entre os meses de janeiro e abril (período da quaresma) e em junho-agosto. Além da variedade com flores roxas existe também a de flores rosadas.

 

Jabuticabeira (Plinia Cauliflora)

Nativas da América do Sul, estas árvores são encontradas em países como Brasil, México, Bolívia, Uruguai, Paraguai e Argentina. Com até dez metros de altura, ela floresce na primavera e no verão e produz grande quantidade de frutos.
É uma das frutíferas mais cultivadas, desde o Brasil Colônia, em pomares domésticos. Nos dias de hoje, é utilizada para a produção de vinho, aguardente, cosméticos, doces e até artesanato. No entanto, a tradição de chupar a jabuticaba no pé continua sendo a mais importante fonte de renda para os produtores, que nos tempos de colheita alugam a árvore para o consumo in natura do seu fruto.

 

Pau Brasil (Paubrasilia Enchinata)

Originário da Mata Atlântica, o Pau Brasil ocorre a partir do extremo nordeste até o Rio de Janeiro. Com altura entre 10 e 15 metros, a árvore foi amplamente extraída durante o período de colonização por conta de sua resina vermelha, que era utilizada pela indústria têxtil europeia. Isto, aliado ao aproveitamento da madeira na marcenaria, criou uma demanda enorme no mercado, o que forçou uma rápida e devastadora “caça” ao pau-brasil nas matas brasileiras. Em pouco menos de um século, já não havia mais árvores suficientes para suprir a demanda.
O nome do nosso país foi inspirado nesta árvore, hoje considerada uma espécie ameaçada de extinção.

 

Pau-ferro (Libidibia Ferrea)

É uma árvore de grande porte, com origem no Brasil, nativa da Mata Atlântica, na encosta pluvial do Atlântico. A madeira de lei do Pau-ferro é muito dura, provavelmente a mais densa e pesada das Américas. Alguns chamam-na de “ébano” brasileiro e sua densidade altíssima faz com que a espécie seja constantemente atingida por raios.
Também costuma-se dizer que seu nome provém das faíscas e do ruído metálico produzidos pelos machados de quem se atreve a cortá-la. Era utilizada na confecção de tacapes indígenas.

 

Paineira Rosa (Chorisia Speciosa)

Há várias espécies conhecidas como Paineira no Brasil, sendo a mais comum a Chorisia Speciosa. Alcançando até 30 metros de altura, ela possui uma ótima capacidade de absorção de clorofila, por isso o aspecto esverdeado do seu tronco.
A partir dos vinte anos de idade, aproximadamente, os espinhos costumam começar a cair na parte baixa do caule e, gradualmente, também caem nas partes mais altas da árvore, com o engrossamento da casca. Diz-se, no Brasil, que isto permite à árvore receber ninhos de pássaros.
Com flores grandes e coloridas e frutos que expõem as painas como flocos de algodão em seus ramos, as Paineiras são cultivadas em meio urbano e em jardins.

 

Aroeira (Schinus Terebinthifolius)

Também conhecida pelos nomes de Pimenta do Brasil, Aroeira-pimenteira, Aroeira-vermelha, Aroeirinha, Pimenta Brasileira e Aroeira, a Pimenta Rosa é uma espécie originária do nosso país, que possui uma coloração avermelhada e sabor um pouco adocicado.
Apesar de seu aroma, ela não pertence à família das pimentas, sendo uma fruta da árvore Aroeira.
Rica em antioxidantes e vitamina C, a Pimenta Rosa é bastante apreciada na culinária francesa, onde é conhecida como “Poivre-rose”. Este fruto é produzido para exportação nos estados: Espírito Santo, a Bahia e o Rio de Janeiro.

Os melhores imóveis da Barra estão aqui

Rio2

BORGONHA

Rio2

ALSáCIA

Rio2

FRONT LAKE
Siga-nos: