Âncora para topo

Bairros planejados têm atraído famílias de todas as regiões da cidade

A Barra da Tijuca, com suas grandes áreas, está atraindo olhares de famílias da própria região e de outros bairros, em especial da Zona Sul, que procuram mais qualidade de vida, principalmente neste momento de pandemia. Já adiantamos aqui na coluna que, assim como aconteceu no relatório de janeiro de 2021, a Barra da Tijuca permaneceu sendo o bairro mais procurado para a compra de unidades residenciais em Fevereiro. Na sequência aparecem Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Copacabana e Tijuca. Para se ter ideia, na região da Barra foram 297 negociações no mês passado, de acordo com levantamento do Centro de Pesquisas e Análise da Informação do Secovi Rio (Sindicato da Habitação).

Carlos Felipe A. de Carvalho, vice-Presidente da Carvalho Hosken, desenvolvedora dos bairros planejados Ilha Pura, Rio 2, Península e Cidade Jardim, comenta que a principal razão desta mudança é a qualidade de vida que a Barra oferece em seus grandes condomínios e bairros planejados. “Os projetos da Carvalho Hosken, com áreas superiores a 500 mil metros quadrados, grandes praças, segurança 24 horas, transporte próprio e uma completa infraestrutura de serviços faz com que a opção de moradia seja ímpar. Ao trazermos os aspectos aflorados durante a pandemia, estes atributos ganham especial valor atraindo cada vez mais moradores da Zona Sul e dos outros bairros da cidade”, afirma Carvalho.

Segundo Gabriel Fidalgo, diretor da Canopus no Rio de Janeiro, a empresa percebeu uma grande migração no segundo semestre de 2020 de clientes da Zona Sul para a Península. “Também tivemos exemplos de famílias de bairros da Zona Norte e do Centro. Estas pessoas escolheram a Península por ser um bairro planejado onde há segurança, paisagismo completo, parques, quadras etc. Com a pandemia, as pessoas observaram aspectos dos seus imóveis que não atendiam mais e, com isso, buscaram espaços maiores para praticar esportes, por exemplo, com total segurança e infraestrutura. É um local que também tem um shopping à disposição e que a pessoa pode andar com tranquilidade sem ser incomodado”, destaca Fidalgo.

O engenheiro de produção Andreas Hasenclever e a esposa, que também é engenheira, trocaram recentemente a Gávea por um apartamento no condomínio Soul, na Península, parceria da Carvalho Hosken com a Canopus. “Estávamos à procura de mais qualidade de vida e de mais espaço para os nossos dois filhos pequenos. Além disso, eu precisava de mais espaço para montar um home office. E a Península oferece tudo: apartamentos maiores, lazer, serviços e segurança”, avalia Hasenclever.

Rua da Barra lidera a venda de imóveis residenciais

Mais um exemplo que reforça a alta demanda na região está em outro estudo do Secovi Rio. A Rua Escritor Rodrigo Melo Franco, um dos acessos ao bairro planejado Ilha Pura, liderou o ranking de venda de unidades residenciais em 2020. A pesquisa tem como base o recolhimento do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). No período, foram realizadas 360 transações imobiliárias na região com valor médio de R$ 849.574.

 

Fonte: odia.ig.com.br

 

Os melhores imóveis da Barra estão aqui

Cidade Jardim

MAAYAN

Península

360º ON THE PARK

Rio 2

NORMANDIE
Siga-nos: