Transporte aquaviário entra em funcionamento até o fim do ano

compartilhar compartilhar

Em entrevista ao Globo-Barra, o vice-prefeito do Rio e secretário municipal de Transportes, Fernando MacDowell, confirmou que, até o fim do ano, entra em funcionamento o sistema de transporte aquaviário que ligarà o condomínio Península à estação Jardim Oceânico do Metrô. O sistema foi anunciado, no início de 2017, como uma das principais promessas do governo Crivella e vai usar barcos do tipo hovercraft. Segundo MacDowell, a prefeitura entrega, até o dia 19, um pedido de financiamento para os representantes espanhóis de um fundo europeu.

A escolha do hovercraft se deu pela facilidade de esse tipo de embarcação navegar em qualquer profundidade. O secretário explicou que a poluição da Lagoa da Tijuca não é um empecilho para o transporte aquaviário, mas destacou que o projeto prevê obras de saneamento básico para Rio das Pedras, como forma de amenizar o problema. 

- O que nós fizermos de social, como o saneamento para Rio das Pedras, ajuda a conseguirmos melhores condições de financiamento. O Banco Mundial também está nos apoiando - afirmou MacDowelI, na entrevista ao Globo-Barra. - Vamos correr para isso. Se conseguirmos fazer a dragagem da lagoa, ótimo. Mas não é fundamental, porque o hovercraft consegue navegar. Basta uma limpeza básica.

O secretário disse ainda que o serviço informal oferecido por barqueiros, que fazem ponto no recém-inaugurado deque em frente à estação do metrô, será mantido e regulamentado.  Hoje, eles oferecem transporte para diversos pontos da Barra.