Âncora para topo

Carvalho Hosken

Fundada pelo engenheiro Carlos Fernando de Carvalho em 1951 na cidade do Rio de Janeiro, a Carvalho Hosken inicia suas atividades realizando grandes obras públicas por todo o país, atendendo às demandas de um Brasil que começava a crescer. Participa da construção da nova capital do país que se transferia do Rio de Janeiro para Brasília e em meados dos anos 60, com a criação do BHN – Banco Nacional da Habitação, é contratada para urbanizar e construir núcleos habitacionais nas cidades- satélites do novo Distrito Federal.

No final da década de 60, já atuando como uma das grandes empresas de construção civil do país, a Carvalho Hosken volta-se para o desenvolvimento da cidade do Rio de Janeiro. Realiza empreendimentos comerciais audaciosos para o seu tempo, como o complexo comercial Charles de Gaulle e Orly, e implanta projetos residenciais diferenciados como o Quintas & Quintais, Max Leblon e Verde Leblon.

Para estes últimos, cria o conceito do “Alto Leblon”, até hoje uma região consagrada como uma área nobre da Zona Sul do Rio de Janeiro. Vislumbrando que a Zona Sul caminhava em direção à Barra da Tijuca, no final dos anos 70 e durante todo os anos 80, planeja o desenvolvimento daquela região criando os condomínios Atlântico Sul, até hoje uma referência arquitetônica da Barra da Tijuca, o Village São Conrado, o Itanhangá Hills, e inicia o desenvolvimento dos seus Bairros Planejados.

Rio2

No início dos anos 90 a Carvalho Hosken apresenta ao mercado carioca o seu primeiro Bairro Planejado: Rio2. Às margens de uma das mais belas lagoas da Barra e ocupando uma área total de 600 mil metros quadrados com imensos parques, grandes áreas livres, escolas, transporte próprio e belos jardins assinados pelo paisagista Roberto Burle Marx Rio2 trouxe para a Barra da Tijuca um novo conceito de morar com arte e estrema qualidade de vida. Nasciam ali, também, as associações de moradores, criadas pela empresa para atender aos anseios e as necessidades do bairro, além de representar os moradores junto aos órgãos públicos.

Península

Reverenciando a chegada do novo século, a Carvalho Hosken evolui no planejamento dos seus bairros e mais uma vez apresenta ao mercado um novo conceito de moradia: Península – o primeiro bairro ecologicamente planejado do país. Numa área de 780 mil metros quadrados, mas com apenas 8% de ocupação construída, este Bairro Planejado da Carvalho Hosken reúne o que existe de mais moderno e sustentável em benefício da qualidade de vida. Por conta da sua especificidade geográfica, a Península é um bairro totalmente seguro e oferece aos seus moradores muita comodidade e serviços em seu Península Open Mall. Dois imensos parques de 45 mil m2 cada um, cinco jardins temáticos, uma trilha ecológica plana e um acervo artístico urbano com esculturas clássicas e de artistas contemporâneos como Ascânio MMM, Franz Waissmann, Sonia Ébling dentre outros compõem os diferenciais desse bairro de alto padrão.

Cidade Jardim

Em meados de 2007, numa parceria com uma grande empresa do mercado imobiliário brasileiro, a Carvalho Hosken lança o Cidade Jardim. Um Bairro Planejado, com escola, shopping de conveniência, mais de 100 mil metros quadrados de belos jardins, quadras poliesportivas, segurança 24h, transporte privado para a praia e dois imensos parques. Ocupando uma área de 510 mil metros quadrados, em Cidade Jardim o lazer, entretenimento e os serviços estão lado a lado à disposição dos seus moradores.

Centro Metropolitano

Irradiando desenvolvimento, modernidade e ares de uma nova cidade sustentável para a Barra da Tijuca, o Centro Metropolitano vai ganhando forma pelas mãos da Carvalho Hosken. Idealizado na década de 60 pelo arquiteto e urbanista Lúcio Costa este novo e moderno Bairro Planejado da Carvalho Hosken ganha em 2012 o Shopping Metropolitano Barra, o Universe Empresarial e o primeiro Hilton da cidade. Suas amplas e largas avenidas, algumas com mais de 80m de largura, e os seus belos jardins projetados pelo escritório Burle Marx, deram ao Centro Metropolitano dois prêmios máster imobiliários.

Universe Empresarial

Com quase 16 mil m², o Universe Empresarial possui salas comerciais, escritórios de vila duplex e lojas. Sua praça central conta paisagismo inspirado nos jardins franceses, mesas ao ar livre para cafés ou almoços de negócio. O interior possui 5 lobbies com acabamento sofisticado e decoração de Débora Aguiar e sua cobertura foi projetada para abrigar um centro de negócios e bem-estar, o Business e Health Center, que tem um auditório com flexibilidade para 143 lugares ou 8 salas de reunião, academia e piscina coberta . O empreendimento conta também com serviços pay per use, que propiciam liberdade de escolha e comodidade para a contratação serviços adicionais.

CEO - Corporate Executive Offices

Localizado na Península, o bairro mais nobre da Barra da Tijuca, CEO Office é um complexo de escritórios de alto padrão composto por quatro torres com dois blocos – North e South – com 22 lajes corporativas e outros dois – East e West – com 928 Salas Comerciais. O projeto conta com salas comerciais, lajes corporativas padrão "Triple A" e sua fachada, revestida por “cortinas de vidro” garantem conforto térmico e acústico aos ocupantes do edifício. Sua infraestrutura inclui grandiosos lobbies, heliporto, 2 auditórios e segurança amplificada. O CEO também está alinhado com conceitos de sustentabilidade – é um empreendimento com certificação LEED Silver.

Península Office

O Península Office foi projetado para promover um ambiente de trabalho com uma excelente infra-estrutura e tecnologia, associado a muita qualidade de vida. O empreendimento possui 12 pavimentos com 14 salas modulares, podendo chegar até 478 m2, fachada em pele de vidro, projeto Paisagístico Benedito Abud e lobby decorado por Débora Aguiar. O conceito inovador de Facilities Office oferece uma gama de opções de Serviços Básicos e Pay-Per-Use que trazem mais tranquilidade e valorização do patrimônio para o lugar onde se trabalha e convive a maior parte do tempo.

Rio2 Shopping

Formado por um mix com 25 lojas, 39 salas comerciais e um grande supermercado, o Shopping Rio2 fica no bairro análogo, às margens da Avenida Abelardo Bueno, principal eixo de desenvolvimento da Barra da Tijuca. Com uma arquitetura mexicana lembrando o famoso CocoWalk, do bairro Coconut Grove de Miami, o Rio2 Shopping atende à todas as necessidades dos moradores do Rio2.

Península Open Mall

Tão exclusivo quanto o bairro, o Península Open Mall é um shopping de conveniência moderno e confortável, com lazer e serviços para facilitar a vida dos moradores desse sofisticado Bairro Planejado da Carvalho Hosken. Geograficamente localizado no ponto central do Bairro, o Península Open Mall possui Wi-fi em sua área de alimentação e um espaço Pet Friendly para os amantes de pets.

Shopping Metropolitano Barra

Localizado no novo Centro Metropolitano da cidade do Rio de Janeiro, o Shopping Metropolitano Barra é o novo ícone de consumo, lazer e diversão da região. Com 45 mil metros quadrados de Área Bruta Locável e projetado pelo renomado arquiteto Paulo Baruk, o shopping possui o maior garden wall da América Latina, formado por cerca de 100 mil mudas de 6 espécies de plantas, incluindo bromélias e zebrinas. Seu mix é formado por 206 lojas, 7 salas de cinema, incluindo uma sala XD e um amplo estacionamento coberto.

Empório Jardim

Localizado no Cidade Jardim, o Bairro Planejado que inaugurou um novo modelo de ocupação urbana, pautado na valorização das relações humanas, o Shopping Empório Jardim reúne um amplo mix de lojas de produtos e serviços que visam a proporcionar muita conveniência para os moradores do bairro. Hoje, o shopping é o grande ponto de encontro dos moradores do Cidade Jardim.

Hotel Hilton Barra

Para sinalizar a importância urbana do Centro Metropolitano a Carvalho Hosken trouxe para a Barra da Tijuca o primeiro Hilton da Cidade. Presente em mais de 540 localidades em 78 países, o Hilton Barra Rio é o primeiro cinco estrelas na categoria Luxo Executivo Superior do Rio de Janeiro. Com toda estrutura dentro dos padrões da rede, o hotel conta com cozinha internacional, centro de convenções, business center com salas multiuso, piscina na cobertura, magnífico acervo cultural, além de uma área de lazer amplamente estruturada para o bem-estar dos seus hóspedes. O projeto conquistou a certificação LEED-NC pela sua adequação aos critérios internacionais de sustentabilidade.

Parque Olímpico

Em 2016, o Parque Olímpico vai receber as competições de 15 modalidades olímpicas, 9 paralímpicas e cerca de 120 mil visitantes por dia. A Carvalho Hosken participa da parceria público-privada, atuando na construção da infraestrutura que incluem o Centro Principal de Mídia (CPM), um Centro Internacional de Transmissão (IBC) e um hotel 4 estrelas com 22 pavimentos e 404 quartos. Após os jogos, o Parque Olímpico deixará um importante legado para a cidade: algumas arenas se transformarão no Centro Olímpico de Treinamento (COT), que ocupará 100 mil metros quadrados e será destinado a atletas olímpicos de alto rendimento.

Paisagismo

A Carvalho Hosken é corresponsável pela conservação de canteiros centrais de vias públicas, em especial no trecho da Av. Luis Carlos Prestes, entre a Avenida das Américas e a elevatória de Península, e da Avenida Abelardo Bueno, entre Avenida Ayrton Senna e o Bairro Rio 2. Entre as espécies exóticas de palmeiras existentes nos canteiros, destacam-se a Palmeira Azul (Bismarckis nobilis), a Tamareira-das-Canárias (Phoenix canariensis) e a Palmeira Fuso (Hyophorbe verschaffeltii). Já nas proximidades do CEO, na Av. João Cabral de Melo Neto, está sendo construído um ambiente com paisagismo refinado e equipamentos de entretenimento público.

Fontes da Barra

Localizado às margens da Avenida Abelardo Bueno, o parque Fontes da Barra tem projeto paisagístico assinado por Benedito Abbud e tem como objetivo estimular o relaxamento e a contemplação através do ritmo das águas, ajustado para promover a observação, tanto a pé quanto em movimento. A execução das instalações foi feita pela Ghesa Fuentes e conta com 4 módulos com 237m² de espelho d`água, 18 jatos parabólicos e 9 jatos verticais, todos com iluminação na cor branca.

Parque Ambiental Mello Barreto

Criado e mantido pela Carvalho Hosken, o Parque de Educação Ambiental Mello Barreto é uma conquista para a preservação do manguezal, ecossistema original da Barra da Tijuca, além de ser uma área de entretenimento para a população.

Elevatória da Península

Construída em parceria com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Elevatória tem como objetivo reduzir a contaminação das águas da região e capacidade de impulsionar até 450 litros por segundo.

Mensagem
do Presidente

No início da década de 70 a Carvalho Hosken e seu fundador percebem que a Zona Sul da cidade já começava a dar sinais da sua exaustão urbana. Nessa mesma época, o Governador Negrão de Lima oficializava o trabalho desenvolvido pelo urbanista Lúcio Costa - o Plano Piloto para a ocupação da Baixada de Jacarepaguá. Enquanto alguns olhavam para aquela nova região como uma área inabitável cheia de dunas e praias e outros apostavam no crescimento da cidade em direção ao litoral fluminense, a Carvalho Hosken antevia que a cidade do Rio de Janeiro renasceria ali na Barra da Tijuca. Assim, em sucessivas transações, adquire 10 milhões de metros quadrados de terras, visualizando o desenvolvimento de uma nova geração de condomínios com grandes espaços e muita qualidade de vida. A partir deste modelo a Carvalho Hosken passou a dedicar-se exclusivamente ao desenvolvimento de projetos para aquela região, pautados numa nova visão de ocupação do espaço urbano. Seus primeiros condomínios, em São Conrado e depois na Barra, já refletiam esse novo conceito. O Village São Conrado, Itanhangá Hills e o Atlântico Sul, este último considerado ainda hoje um marco do desenvolvimento urbano da Barra são exemplos dessa época.

" É necessário conciliar toda a atividade imobiliária com qualidade de vida, desenvolvimento urbano, sustentabilidade, meio ambiente, paisagismo e arte. "


Carlos Fernando de Carvalho.

Linha do Tempo

Fundação

Fundada pelo empresário Carlos Fernando de Carvalho, na cidade do Rio de Janeiro em 1951, a Carvalho Hosken inicia suas atividades realizando obras públicas por todo o Brasil, atendendo às demandas de um país que se preparava para crescer. Participa da construção da nova capital do país que se transferia do Rio de Janeiro para Brasília e em meados dos anos 60, com a criação do BNH, é contratada para construir núcleos habitacionais nas cidades-satélites do Distrito Federal.

Desenvolvimento do Rio de Janeiro

Na década de 60, a Empresa deixa de ser empreiteira e começa a atuar como imobiliária. Realiza empreendimentos comerciais, como Centro Empresarial Charles de Gaulle - com os blocos Orly e Le Bourget – próximo ao Aeroporto Santos Dumont e residenciais, como o Quintas & Quintais, Max Leblon e Verde Leblon. Para estes últimos localiza com o nome de Alto Leblon, até hoje consagrado para aquela área da Zona Sul. Neste mesmo período, Carlos Fernando de Carvalho percebe que a Zona Sul da cidade já dava sinais de exaustão urbana.

Carvalho Hosken enxerga a Barra da Tijuca

Quando o Governador Negrão de Lima contrata o urbanista Lúcio Costa para desenvolver o Plano Piloto para a ocupação da Baixada de Jacarepaguá, não restou mais dúvida que o crescimento da cidade seguiria em direção à região oeste e que Rio de Janeiro renasceria na região da Barra da Tijuca.

O Rumo do desenvolvimento

A construção do Elevado do Joá dissipou qualquer dúvida de Carlos Fernando de Carvalho, que contrariando o movimento das imobiliárias, que não queriam fazer estoque de terras, começou a comprar terrenos na Região e, em sucessivas transações, adquiriu cerca de 10 milhões de metros quadrados de terras na Barra.

Barra da Tijuca

No caminho para a região oeste, a Carvalho Hosken empreende o Village São Conrado, o primeiro de uma nova geração de condomínios com o conceito de moradia integrada com serviços e lazer, que inaugura uma nova forma de ocupação urbana. Chegando na Barra da Tijuca, desenvolve dois empreendimentos que marcam o local como moradia de alto padrão. O Itanhangá Hills e o Atlântico Sul, esse último na praia é até hoje citado como um dos empreendimentos mais luxuosos da região.

Rio 2

Lançado na década de 90, o RIO 2 foi o primeiro bairro planejado pela Carvalho Hosken na Barra da Tijuca. Com 600 mil metros quadrados, foi a primeira materialização da sua nova visão para a ocupação planejada do espaço urbano - com soluções para as necessidades da vida moderna, que incluem grandes áreas verdes, infraestrutura e uma associação de moradores própria, que cuida de sua conservação e manutenção.

Península

O Bairro de mais alto padrão da Barra da Tijuca foi implantado pela Carvalho Hosken em apenas 7% de uma área de 780 mil metros quadrados. A Península é um bairro ecologicamente planejado e seu terreno levou quase 20 anos para ser preparado. Sua infraestrutura abrange dois imensos parques, 5 jardins temáticos, uma trilha ecológica nas margens do único manguezal preservado na região urbana do Rio de Janeiro e um grande acervo artístico cultural a céu aberto. Administrada por sua associação de moradores, a Península conta com segurança própria e mantém uma equipe de conservação, cuidando de todas as partes comuns do bairro. O Bairro conta ainda com um Shopping de conveniência para atender seus moradores.

Cidade Jardim

O Cidade Jardim, considerado uma revolução urbana humana e residencial possui infraestrutura diferenciada, que conta com mall de conveniência próprio, o Empório Jardim. Desenvolvido em parceria com a RJZ Cyrela, nos mesmos moldes dos outros Bairros Planejados, sua associação de moradores, a ASCIJA, cuida da segurança, da manutenção e da preservação dos seus espaços de uso comum.

Centro Metropolitano

O Centro Metropolitano, pensado por Lúcio Costa para abrigar o núcleo de decisão do então Estado da Guanabara, foi projetado com uma infraestrutura para prédios de até 75 andares. Essa ideia não vingou e as autoridades acabaram por baixar esse gabarito, sem mexer na infraestrutura, criando o lugar mais confortável onde se instalará o coração da Cidade. O Centro Metropolitano marca o início de uma vasta área que vai desde o início da Av.

Embaixador Abelardo Bueno, na Ayrton Senna, englobando a Salvador Allende até a Ilha Pura. Iniciando a ocupação dessa Região, já está em funcionamento, o Shopping Metropolitano, que conta com um projeto arquitetônico moderno e integrado à natureza, 214 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas, 5 restaurantes com varandas e 7 salas de cinema da rede Cinemax. Também está em construção no local o primeiro hotel Hilton do Rio de Janeiro e o complexo de salas comerciais, o Universe Empresarial. Ali, moradia, trabalho e lazer estarão no mesmo local, obedecendo ao conceito moderno de viver.

Ilha Pura

Em parceria com a Odebrecht é iniciada a construção da Ilha Pura. O novo bairro possui área de 900 mil metros quadrados, sendo que em um terço está sendo construído 7 condomínios, compostos por 31 torres de 17 andares e 3.604 apartamentos, onde serão abrigados os 18 mil esportistas durante os Jogos de 2016. O projeto é uma evolução dos bairros planejados e segue o mesmo padrão de qualidade da Península, para associar sustentabilidade, qualidade de vida e arte em uma dimensão antes nunca desenvolvida.

Parque Olímpico

Como parte de um consórcio em que faz parte junto com a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, a Carvalho Hosken participa da implantação da infraestrutura do Parque Olímpico, que abrange a construção de um hotel, o Centro de Imprensa e as obras civis da central de transmissão televisiva dos Jogos.

O Destino do Rio de Janeiro

O desenvolvimento segue seu curso na direção da Salvador Allende até a Ilha Pura. No caminho, surgem o Centro Metropolitano, com o Hotel Hilton, o Shopping Metropolitano Barra e o Parque Olímpico, que dará origem a um futuro Bairro Planejado. Na região, estão sendo criados corredores expressos e estações BRTs, o Metrô chega à Barra e com a melhora da locomoção, são construídas calçadas, ciclovias e parques. A rede elétrica e de gás é ampliada, o abastecimento de água ganha estações de tratamento para receber os novos moradores. O novo destino da cidade é onde todo o Rio de Janeiro vai estar.

Desenvolvimento e Infraestrutura

Desenvolver é mais do que construir e preservar. A Carvalho Hosken reconhece a importância que está além de conservar o terreno e o entorno de seus empreendimentos, valorizando também as pessoas e sua relação com a sociedade, através de iniciativas que refletem respeito e o compromisso com um futuro sustentável. Grande entusiasta da cultura, para a Carvalho Hosken, apoiar a Fundação OSB é uma oportunidade de continuar a transformar a realidade da cidade e do país, dessa vez por meio da música. A vinda da Orquestra para a Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, é um grande passo nessa direção.

Educação e Cultura

Dentre as iniciativas sociais da Carvalho Hosken, se destacam a inauguração da Escola Carvalho Hosken de Desenvolvimento Profissional e o Centro de Treinamento Prático em Saúde e Segurança do Trabalho - o primeiro da América Latina, uma realização da Carvalho Hosken em parceria com o Seconci-Rio, Sinduscon-Rio e Senai. A iniciativa conta com cursos, oficinas e workshops que vão beneficiar cerca de 8 mil pessoas por ano e desenvolver novos talentos para o mercado da construção civil.

A Escola Carvalho Hosken de Hotelaria, instalada no Hotel Hilton Barra Rio de Janeiro, já formou 76 jovens profissionais para o mercado, a maioria empregada durante as Olimpíadas e Paralimpíadas. Nas proximidades, a Escola Municipal Roberto Burle Marx e a creche Maria da Conceição Silveira de Carvalho contribuem para melhorar a qualidade de vida das crianças e jovens da região.

Grande entusiasta da cultura, para Carvalho Hosken ser patrocinadora Master da Fundação OSB é uma oportunidade de continuar a transformar a realidade da cidade e do país, dessa vez por meio da música e a vinda da Orquestra para a Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, é um grande passo nessa direção.Seus Bairros Planejados são verdadeiros museus a céu aberto e a Península, em especial, conta com o Espaço Cultural Península.

Responsabilidade Ambiental

A Carvalho Hosken valoriza o contato com o meio ambiente para promover uma vida com mais qualidade. O maior exemplo deste posicionamento é a Península, que teve seu terreno revitalizado por especialistas ambientais e paisagistas, sendo o único bairro a possuir 3,5 km de manguezal recuperado em seu terreno. Preocupada com a Lagoa de Jacarepaguá, a Carvalho Hosken participou da construção da elevatória da Península, contribuindo para a despoluição das águas que envolvem a região.

Em local próximo à Península, foi inaugurado, em 1996, o Parque de Educação Ambiental Mello Barreto, que possui cerca de 50 mil m2 e teve seu projeto paisagístico encomendado aos arquitetos Fernando Chacel e Sidney S. Linhares, abrigando espécies da fauna e da flora típica dos manguezais. No terreno denominado Gleba F, vizinho a Península, encontra-se em fase de preparação para abrigar um parque ecológico com 37.500 m2. Ao longo das avenidas da Barra da Tijuca, a Carvalho Hosken é corresponsável por canteiros centrais de vias públicas, onde realiza o paisagismo e a conservação dos jardins.

Nestes ambientes públicos, a empresa vem criando espaços de contemplação, como as Fontes da Barra, que embelezam a Avenida Abelardo Bueno na altura do Centro Metropolitano. Já em trecho da Avenida João Cabral de Melo Neto, em frente ao CEO, está sendo desenvolvido um amplo espaço com paisagismo e entretenimento para a população. Seus novos Bairros Planejados são uma evolução deste posicionamento.

No Centro Metropolitano será possível observar irrigação automatizada com água de retardo e iluminação em Led. Mais adiante, na Salvador Allende, a Ilha Pura já possui certificação Acqua, pré-certificação Leed Bairro, Selo Azul da Caixa Econômica Federal e vai contar com tratamento de águas cinzas, aquecimento solar, telhado verde, dispositivos economizadores para iluminação, carregamento para veículos elétricos e aproveitamento de águas pluviais.

Prêmio Master Imobiliário 2016

A Carvalho Hosken ganha Prêmio Master Imobiliário na categoria Profissional - Visão e Ousadia na Viabilização do Centro Metropolitano. O Prêmio Master Imobiliário é a homenagem que a indústria imobiliária presta a seus mestres e ao alto nível de arquitetura, engenharia, construção, desenvolvimento urbano, incorporação, administração, vendas e marketing, entre outros segmentos. Além de valorizar os grandes talentos, o Prêmio tem a função de divulgar nacional e internacionalmente, os conceitos inovadores e as experiências bem-sucedidas que possam servir de modelo para o desenvolvimento global das atividades do setor, as quais tem acompanhado e, até mesmo, superado o avanço tecnológico registrado lá fora.

Siga-nos: